RSS

Arquivo da categoria: Crônicas

Do Giovanni e da Amanda

Divagando por pensamentos momentaneos..

Para acompanhar a leitura, Starlight– Slash e Myles Kennedy (ao vivo no MAX SESSIONS)


Apenas mais um testículo. Ops, um “textículo” (se existir essa palavra!)

O céu, o mar. Escuridão desagradável, imensidão imensurável.
Aquele dia chegou, a carruagem parou. O motorista cansou, e os cavalos? Ficaram livres.
A cidade engolida de caos, a selva de pedra se encheu de terror.
Deu saudade, deu vontade. De voltar atrás, de retificar o que passou e que não era pra ser.
O que ficou no passado.. deixado pra depois, e que esse depois, nunca chegou. Nunca mais, nunca mais se ouviu falar daquilo..
foi esquecido, deixado de lado, jogado as traças.
Guardado na memória, mas sem muita importância, e agora não importa mais, ninguém mais se lembra do acontecido, daquele dia,
daquele fato, aquele momento.. pois tudo se aquietou e voltou ao normal no decorrer do dia, como um simples pesadelo.
E pesadelos são assim, fáceis de esquecer, mas que as vezes voltam a nos assombrar.
Mas não importa, não passa de um memória, ruim, porém simplória e insignificante.. e nada disso importa, quer saber?
Deixa pra lá, o presente não importa mais, pois agora já é passado, e o nosso futuro se tornou o presente.
E além do mais foi só um sonho ruim, e você continua aqui, ao meu lado.. então boa noite e tenha bons sonhos.
Pois é só nos sonhos que ainda somos livres de verdade, possuimos alguma liberdade de expressão, inconscientemente (ou conscientemente)livres.
E acordamos no meio dessa guerra de potências digitais, em que somos descaradamente manipulados,
e o povão, vai como um bundão nessa moda de consumismo excessivo e desenfreado, mas é claro, com uma “baita” venda nos olhos.
Eu já sei o que tenho que saber, e agora tanto faz, tanto fez. Cansei desse pesadelo, não me importo mais.
Agora quero apenas sonhos bons, pueris, desses que a gente acorda com o maior sorrisão..
mas que nos desligam um pouco desse hospício a céu aberto que chamamos de sociedade.
Alguns desses sonhos chegam até ser meio bobos, mas que em geral são ótimos, mas os melhores, são aqueles com VOCÊ!

(Giovanni Nunes Ferreira)

black and white 19

 
 

Tags:

Crônica..

Mais um dia, está na hora outra vez.. me levanto e faço as mesmas coisas.

No ponto de ônibus, estão aquelas mesmas pessoas que eu vi o ano inteiro, fazendo chuva ou sol.. minhas estranhas conhecidas. Me aproximo, olho para todos e não digo nada, o silêncio prevalece e o vento frio, que parece cortar a pele, cada vez mais forte.

Agora, ali parado na esquina, me lembro da última vez que a vi, seus lindos olhos castanhos, dona de um sorriso encantador, com seus cabelos dourados e um rosto angelical. “Que saudade dela” penso eu. Chegou o ônibus.. e lá dentro, o motorista simpático, o cobrador mau encarado e os meus companheiros de um ano inteiro. Aquele trajeto costumeiro, as mesmas paradas.

Desço no terminal, vazio, ainda é cedo. E me pego lembrando dela outra vez, nossas conversas, nossos olhares, nossos planos.. ainda me lembro “uma casa, um carro, dois filhos, dois cachorros, eu e ela”. Passo pela padaria, compro minha esfiha de frango e meu suco de laranja, a construção quase terminada de uma loja, a livraria que tanto gosto.

Cá estou eu no meu serviço, foi tão rápido que nem vi passar o tempo.. sento em minha mesa e ligo o computador, começo a organizar o que tenho para fazer nesse dia de trabalho. Faço meu serviço, ligo para clientes, pausa para o cafézinho.. retomo o serviço, horário de almoço. Família, bem precioso, como é bom o tempo junto com quem amamos. Volto para o serviço, saio na rua, volto ao escritório, converso com o chefe, e a quele nome, aquele rosto sempre presente em meus pensamentos..

Chegando em casa encontro minha família, abraços e beijos, conversas e alegrias. O tempo voa, já estamos jantando e está ficando tarde, faço uma seleção de músicas, jazz, mpb e rock.. pego meu livro e leio até dar sono. Deito na cama, com a luz apagada a mente fica acesa, os pensamentos começam a surgir, um turbilhão de ideias.. lembranças do passado, ideias do futuro, perspectivas.. e lá no meu pensamento ainda está ela, num sentimento vivo, cada vez mais real, e perto de mim. Sei que ela também está pensando em mim, sorrio, fico mais confortável.

Toca o despertador, abro meus olhos, já é outro dia.. o ano é novo, mas a vida é a mesma.

tumblr_lzou5sqOIX1r1mnnlo1_400

 
2 Comentários

Publicado por em 03/01/2013 em Crônicas, Reflexão

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,