RSS

Arquivo da tag: ônibus

Guarapuava, neve e geada e sempre linda..

Uma cidade antiga, cheia de histórias, simples mas que ficou famosa em escala nacional.Guarapuava é uma das cidades mais frias do Brasil, saiu nos jornais do país inteiro.. a cidade que nevou.

Tal foi a surpresa não só dos Guarapuavanos, como também da imprensa, que foi mandado para Palmas, considerada a cidade mais fria do Paraná, a maior equipe de jornalistas da RPCTV, empresa afiliada a rede Globo e que faz os jornais estaduais, tudo para cobrir a neve que cairia lá. Uma pena, lá caiu apenas 15 minutos de neve, e aqui, na tímida Guarapuava, 3 horas intensas de neve caindo do céu. E não para por aí, por uma semana seguida, é a cidade que tem registrado as menores temperaturas do Paraná, e uma das menores do Brasil.

Guarapuava é incrível, e está sempre pronta a nos surpreender e encantar.

Nesse post trago um texto dedicado a Guarapuava, junto com o link de onde encontrei- o. Trago também fotos, da neve e da geada, que se deu sobre a neve nos dias seguintes.

A invernada de Guarapuava

Na adolescência da televisão brasileira, existia um programa de televisão pioneiro nos desafios entre cidades. O jornalista e radialista Jamur Júnior foi um dos primeiros apresentadores destas gincanas que colocavam frente a frente cidades paranaenses e gaúchas para tirar a teima de qual delas seria a mais bem dotada e atrativa. Esses duelos eram um sucesso na televisão, pois reacendiam antigas diferenças que ainda hoje mexem com os brios sulistas.

Depois de arrancar da cama 80 cidades do Sul Maravilha, parece que a natureza está pedindo um concurso entre elas para escolher a “Branca de Neve” (para usar a manchete de jornal de Mussa José Assis) mais bonita do Brasil. Com o parecer de meteorologistas especializados, tirar a teima para saber qual a cidade mais bem agraciada com o frio. Se o fenômeno não passou de uma reles chuva gelada, geada ou neve propriamente dita.

Curitiba por exemplo, em que pese o esforço em contrário da população, desde já está fora do páreo. Segundo o que se diz na internet, a neve veio vindo serra abaixo, passou pelos Campos Gerais, branqueou o nariz até de Ponta Grossa, mas os pedágios no caminho eram tantos que ela chegou em Curitiba definhando…bem pobrinha, coitada! “Uma chuvinha gelada”, cochicharam os maledicentes.

Serra abaixo, serra acima, nevou em 67 cidades de Santa Catarina, 14 do Paraná e apenas seis do Rio Grande do Sul, o que deve ter deixado os gaúchos inconformados. Somando todas elas, inclusive São Joaquim (SC) e Vacaria (RS) – as primeiras do ranking nacional do frio -, não há termômetro que possa negar a superioridade de Guarapuava nessa nevasca de 2013. Uma neve padrão FIFA, indubitavelmente!

Fundada em 1810, pelos povoadores que alargaram o mapa do Brasil até as Cataratas do Iguaçu, Guarapuava se vestiu de branco para dar um espetáculo raramente visto na paisagem do Brasil Meridional. O guarapuavano mostrou neste 23 de julho porque não tem medo do frio. O frio é que tem medo dos guarapuavanos, que já perderam a conta das nevascas ocorridas naquele terceiro planalto paranaense: consta ter nevado em 4 de julho de 1953; 30 de julho de 1955; 20 de julho de 1957; 19, 20 e 21 de agosto de 1965; 8 de julho de 1972; 17 de julho de 1975; 25 de agosto de 1984; 9 de julho de 1994 e em 12 de julho de 2000 – quando então pararam de contar para não mais atrair turistas.

Depois desta invernada do papa Francisco no Brasil, a brava gente da Serra da Esperança pode bater no peito e dizer com muito orgulho:

– Neve é em Guarapuava; o resto é geada!

texto: Dante Mendonça Geada

Geada (2)

1073103_10201593916833805_559460786_o

Boneco de neve

Boneco

Snow soldier

Neve boneco

Snow shooter

1012880_634064963279313_305042563_n

Lagoa das lagrimas 2

outra do Lago

IMG009

Lagoa das lagrimas

Caminhonete nve

Arvore

Capela de Schoenstatt

Casa do imigrante

Casinha do papai noel

Catedral e flores

Cemitério

imigrante fundos

Minha foto

Galhos

Guarapuava

Lago neve a noite

Lago vista de cima

Neve a noite

Neve carros

neve predios fundos

nevee

no lago

Parque das crianças (2)

Parque das crianças

pegadas

Ponte lago

Praça cleve

Quartel

Rua lago

Rua

Trilho

Trilhos

vista de cima

Ponte do lago

Uma coisa eu posso dizer com toda a certeza, eu me orgulho e amo a minha cidade!

Anúncios
 
 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Crônica..

Mais um dia, está na hora outra vez.. me levanto e faço as mesmas coisas.

No ponto de ônibus, estão aquelas mesmas pessoas que eu vi o ano inteiro, fazendo chuva ou sol.. minhas estranhas conhecidas. Me aproximo, olho para todos e não digo nada, o silêncio prevalece e o vento frio, que parece cortar a pele, cada vez mais forte.

Agora, ali parado na esquina, me lembro da última vez que a vi, seus lindos olhos castanhos, dona de um sorriso encantador, com seus cabelos dourados e um rosto angelical. “Que saudade dela” penso eu. Chegou o ônibus.. e lá dentro, o motorista simpático, o cobrador mau encarado e os meus companheiros de um ano inteiro. Aquele trajeto costumeiro, as mesmas paradas.

Desço no terminal, vazio, ainda é cedo. E me pego lembrando dela outra vez, nossas conversas, nossos olhares, nossos planos.. ainda me lembro “uma casa, um carro, dois filhos, dois cachorros, eu e ela”. Passo pela padaria, compro minha esfiha de frango e meu suco de laranja, a construção quase terminada de uma loja, a livraria que tanto gosto.

Cá estou eu no meu serviço, foi tão rápido que nem vi passar o tempo.. sento em minha mesa e ligo o computador, começo a organizar o que tenho para fazer nesse dia de trabalho. Faço meu serviço, ligo para clientes, pausa para o cafézinho.. retomo o serviço, horário de almoço. Família, bem precioso, como é bom o tempo junto com quem amamos. Volto para o serviço, saio na rua, volto ao escritório, converso com o chefe, e a quele nome, aquele rosto sempre presente em meus pensamentos..

Chegando em casa encontro minha família, abraços e beijos, conversas e alegrias. O tempo voa, já estamos jantando e está ficando tarde, faço uma seleção de músicas, jazz, mpb e rock.. pego meu livro e leio até dar sono. Deito na cama, com a luz apagada a mente fica acesa, os pensamentos começam a surgir, um turbilhão de ideias.. lembranças do passado, ideias do futuro, perspectivas.. e lá no meu pensamento ainda está ela, num sentimento vivo, cada vez mais real, e perto de mim. Sei que ela também está pensando em mim, sorrio, fico mais confortável.

Toca o despertador, abro meus olhos, já é outro dia.. o ano é novo, mas a vida é a mesma.

tumblr_lzou5sqOIX1r1mnnlo1_400

 
2 Comentários

Publicado por em 03/01/2013 em Crônicas, Reflexão

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Divagando sobre educação, funk e fones de ouvido..

Educação é algo essencial na vida das pessoas, vem de berço. Meus pais contam que eu não apanhei nem a metade do que eles apanharam, mas ainda assim eu acho o tanto que eu apanhei não me fez pior, não me fez um rebelde e muito menos um revoltado com a sociedade. Me fez uma pessoa boa, com educação, sei os limites das pessoas. Mas não é essa a questão, meu ponto é aquela velha história sobre funkeiro, rapper que ficam ouvindo essas músicas sem fone de ouvido, e pior alto pra cacete.

Por que só não tem os malditos FONEES!!!

Ontem por exemplo, saindo do curso, 10:20 da noite na rua passou por mim uma galera ouvindo funk naqueles radinhos com entrada pra USB, e que cabem na mão. ¬¬ Pra falar a verdade o cara que pensou nisso deveria morrer com agulhas enfiadas no cú dele. Essa bosta só aumentou o número de gente ouvindo porcaria nas ruas. Depois chegando no terminal pra pegar meu ônibus, eu cheguei atrasado e acabei perdendo meu ônibus. E justamente pra ficar completa a desgraça, tinha uma cara sentado num banco ouvindo um rap que é pior do que qualquer coisa que eu já ouvi na minha vida. Falava que ele ainda tava na ativa, acho que no tráfico, e citava vários nomes de cidades daqui do Paraná! Que bosta meu. Não que essas pessoas devam parar de ouvir essas músicas, cada um tem seu gosto, mas não é por isso que os outros tem que ser forçados a ouvir um monte de porcaria e bobagens, pelo simples fato de um filho da puta desses não usar fone de ouvido.

E o mais engraçado é que eles falam tanta besteira, tanto em morte, armas, drogas e que a polícia só tem covarde, e um bando de bosta, falam o escambal, mas sempre sobra tempo pra solta um, “Dona Rosa, você é minha princesa”. HAHAHAHA Como se colocar o nome da mãe vai deixar a música menos pesada, e mais bonita.

Usar fone de ouvido se resume em educação!

E o pior e mais interessante, é que a gente não vê por aí um cara sem fone, e tocando alto no celular mpb, rock, sertanejo, moda de viola e por aí vai. O que esses caras acham que tem de melhor pra poder sair por aí tentando forçar as pessoas ouvirem os seus gêneros musicais.

E o pior desgraça de todas é o funk, e pra quem discorda por favor, segue a imagem do verso de um cd da “Gaiola das Popozudas”

My pussy é o poder ¬¬

Só me respondam uma coisa com tanta merda escrita ali, porque “cú” da faixa 16 tá censurada? o.O POR QUÊ??

Sério gente que gosta de funk, se atirem de um penhasco, vão nadar com os tubarões sem nenhuma proteção e nem guia, se joguem do 20º andar de um prédio. Façam qualquer coisa, mas se matem, por favor.

Então, se não querem ser criticados, tenham educação e respeitem os outros. Respeito é recíproco.

COMPREM FONES DE OUVIDO!!

 
1 comentário

Publicado por em 06/04/2012 em Divagando.., Reflexão, Social

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,